Disciplina Positiva

Imagem Livro Jane Nelsen

O termo “Disciplina Positiva” foi cunhado pela psicóloga e educadora norte-americana Jane Nelsen há mais de três décadas, quando lançou a primeira edição de seu livro. Segundo a autora, a Disciplina Positiva é baseada na filosofia e nos ensinamentos de Alfred Adler e Rudolf Dreikurs. Em seu livro, Jane Nelsen apresenta conceitos e ferramentas para a educação das crianças com base na não violência, seja ela física ou psicológica.

Jane Nelsen sugere que pais e educadores atuem com firmeza e gentileza ao mesmo tempo, deixando de lado o autoritarismo, mas sem abrir mão de sua autoridade. A Disciplina Positiva não faz uso de ferramentas de controle de comportamento tais como palmadas, ameaças, castigos e recompensas. A proposta é encontrar, junto com a criança, um caminho de respeito, compreensão e cooperação mútua.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Eu, Juliana, acredito que ninguém no mundo tem a chave para esse enorme desafio, esse grande mistério da vida que é criar filhos. A Disciplina Positiva não nos traz respostas prontas ou fórmulas infalíveis. Não é mágica. Mas conhecer sua abordagem e praticar suas ferramentas pode ser transformador para a relação com os filhos e um verdadeiro tesouro para toda a família. Afinal, que pai ou mãe não gostaria de estabelecer com seus filhos uma relação de afeto e cooperação, sem lançar mão de palmadas, castigos ou até mesmo recompensas? A grande questão é o que fazer no lugar disso.

Então, o que fazer no lugar disso, evitando o autoritarismo e também a permissividade? O conceito de Disciplina Positiva é riquíssimo, assim como são ricas todas as suas possibilidades práticas de atuação no dia a dia. Aos pouquinhos, vamos abordando os principais pontos e trazendo para discussão algumas de suas ferramentas. Se você tiver interesse nesse tema, não perca as nossas postagens e contribua com comentários, perguntas e sugestões. Não deixe de seguir também o Universo das Crianças nas redes sociais!